PROJETO ÁGUA



JUSTIFICATIVA
Os povos primitivos, por milhares de anos, viveram em grupos, vagando daqui para lá em busca de boa caça, mas sempre procuraram abrigo perto de rios e lagos. Quando passaram a criar animais e a cultivar vegetais, deixaram de depender das incertezas das caçadas para se alimentar. As populações, então, já mais numerosas, passaram a se fixar nas proximidades dos grandes rios. 
Não é por acaso que grandes cidades do Brasil e de todo o mundo surgiram às margens de rios, pois as pessoas podiam usar a água para beber, fazer sua higiene, se alimentar e navegar pelas águas. Desde sempre a história do homem esteve ligada a água. Por isso, o que afeta a água, afeta o homem. 
É necessária muita água para sermos saudáveis. Além de ajudar na digestão e na absorção dos alimentos, este líquido precioso ajuda a regular a temperatura do nosso corpo, carrega nutrientes e oxigênio para as células e remove as toxinas e outros resíduos do organismo. A saúde do homem depende de forma vital das condições da água que ele bebe, assim como daquela com a qual ele tem contato no seu dia-a-dia. 
As doenças transmitidas pela água são a causa da morte de pelo menos 6.000 crianças diariamente nos países em desenvolvimento: água e saúde estão estreitamente relacionadas. 
A Constituição Brasileira garante a todo cidadão o direito à saúde e afirma que é dever do Estado zelar por ela. Art. 196: “A saúde é direito de todos e dever do Estado, garantindo mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação”. 
A Constituição garante ao cidadão viver em um meio ambiente. ecologicamente equilibrado. Portanto o acesso a água potável, um bem de uso comum, ou seja, um bem de todos, também está incluído como direito. Art. 225. Todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia qualidade de vida, impondo-se ao poder público e à coletividade o dever de fende e preservá-lo para os presentes e futuras gerações. 
Hoje em dia, a escassez e o uso abusivo da água doce é uma realidade. Faz-se necessária e urgente a mobilização da sociedade por este problema que se agrava cada vez mais. 
O uso inadequado dos recursos naturais tem causado diversos reflexos negativos ao equilíbrio do meio ambiente, a mudança de hábito é o melhor caminho para a manutenção da vida na terra. 
A educação ambiental deve ser vista como um processo de permanente aprendizagem que valoriza as diversas formas de conhecimento e forma cidadãos com consciência local e planetária. 


Declaração Universal dos Direitos da Água
1. A água parte do patrimônio do planeta. Cada povo é plenamente responsável pela qualidade de suas águas perante aos olhos de todos. 

2. A água é a seiva de nosso planeta. Ela é condição essencial para a existência de vida. Sem ela não haveria atmosfera, clima vegetação, agricultura. Sem ela o ser humano não teria o direito à vida. Sem ela não haveria vida. 

3. A natureza é lenta e frágil na transformação da água potável. Assim, a água deve ser manipulada com racionalidade, precaução e parcimônia. 

4. O equilíbrio e o futuro de nosso planeta dependem da preservação da água e de seus ciclos. Eles devem permanecer intactos e funcionando normalmente para garantir a continuidade da vida sobre a Terra. 

5. A água não é somente uma herança que recebemos; ela é, sobretudo um legado que deixaremos aos nossos sucessores. Sua proteção constitui uma necessidade vital e moral do homem contemporâneo para com as gerações futuras. 

6. A água não é uma doação gratuita da natureza; ela tem um valor econômico; precisa-se saber que ela é rara e dispendiosa e que pode muito bem escassear em qualquer região do mundo. 

7. A água não deve ser desperdiçada, nem poluída, nem envenenada. Sua utilização deve ser feita com consciência e discernimento para que não se chegue ao seu esgotamento ou à deterioração das reservas atualmente disponíveis. 

8. A utilização da água implica o respeito à lei. Sua proteção constitui uma obrigação jurídica para todo o homem ou grupo social que a utiliza. 

9. A gestão da água impõe um equilíbrio entre os imperativos de sua proteção e as necessidades de ordem econômica, sanitária e social. 

10. O planejamento da gestão da água deve levar em 
conta a solidariedade e o consenso em razão de sua distribuição desigual sobre a Terra. 


OBJETIVOS
.Valorizar a cultura do "saber cuidar" e conduzir o aluno a uma reflexão de sua responsabilidade com o meio ambiente, no qual ele está inserido e é parte integrante. 
. Conscientizar que o uso inadequado dos recursos naturais tem causado reflexos negativos ao equilíbrio do meio ambiente, e que mudança de hábitos é o melhor caminho para a manutenção da vida na terra. 
. Promover a conscientização e instrução da sociedade sobre a importância de preservar, economizar e recuperar os recursos hídricos, garantindo a boa qualidade de vida e desenvolvimento sustentável do planeta. 
. Adquirir noções sobre Rede de Tratamento da Água. 
. Conhecer as principais doenças que afetam a saúde humana, como forma de contaminação, transmissão e prevenção. Destacando Dengues e tipos de Hepatites 
. Compreender o Ciclo da água. 






PROCEDIMENTOS


.Comemoração do Dia Mundial da ÁGUA (22 de Março). Realização de trabalhos pedagógicos relacionados ao tema e apresentação de músicas, poemas e teatro. 
. Socialização através de histórias, filmes, cartazes, gravuras, desenhos e pinturas da água como fonte de vida e suas variadas formas: nascentes, rios, mares, lagos e córregos abrangendo a forma como chega a nossos lares. 
. Representar o Ciclo da Água. 
. Levantar junto aos alunos através de experiências as diversas formas de contaminação da água. Comparação de água suja e água limpa. 
. Enfatizando através de esquema (desenho), que mesmo com aparência de limpa, a água por não ser filtrada e fervida pode conter microorganismos causadores de doenças. 
. Realização de trabalhos através de histórias, encartes, figuras, desenhos, pinturas, frases, palavras, relacionadas às doenças como Dengue, Vermes e Hepatites. Suas formas de contaminação, transmissão, sintomas e prevenção. 
. Analisar duas contas de água e observar o gasto mensal, de acordo com o número de pessoas da casa e discutir como economizar água nas casas.
. Leitura e interpretação de textos e de músicas ligadas ao tema.




MUSICA: PLANETA ÁGUA
Guilherme Arantes 


Água que nasce na fonte, serena do mundo e que abre o profundo grotão. 
Água que faz inocente riacho, 
e deságua na 'corrente do ribeirão. Águas escuras dos rios, 
que levam a fertilidade ao sertão. Águas que banham aldeias 

e matam a sede da população. Águas que caem das pedras, 
no véu das cascatas, ronco de trovão. 
IE depois dormem tranqüilas, 
no leito dos lagos. (2 vezes) Água dos igarapés, onde Iara, Mãe d'água, é misteriosa canção. Água que o sol evapora, 
pro céu vai embora, 
virar nuvem de algodão. 
Gotas de água da chuva, 

alegre arco-íris, sobre a plantação. Gotas de água da chuva são tristes, são lágrimas,'na inundação. 
Águas que movem moinhos 
são as mesmas águas que encharcam o chão 
e sempre voltam, humildes, pro fundo da terra. (2 vezes) 
Terra, Planeta Água. 

Videos mais exibidos no Youtube

Loading...

REGISTRE-SE NO BLOG !

INSCREVA-SE PARA RECEBER AS NOVIDADES DO BLOG